Sob o terno olhar da Imaculada

A Congregação das Irmãs Servas de Maria Imaculada nasceu numa festa mariana, como se expressou o Papa Pio XII, em sua Carta Apostólica, aprovando definitivamente a Constituição: “Pelo sopro divino, na festa da elevação entre as estrelas, da Santíssima Virgem Maria em 1892, na Ucrânia, foi fundada a Congregação de virgens piedosas, que pela sua consagração à Santíssima Mãe de Deus concebida sem pecado original, foi denominada a Congregação das Irmãs Servas da Santíssima e Imaculada Virgem Maria” - (Roma, 1956).

Tipicamente mariana, a Congregação simbolizou a relação com Maria, incluindo no seu emblema a letra M, significado que também é expresso na Constituição da Congregação, em 2006: “A letra M indica a Santíssima Mãe de Deus – Mãe e Padroeira da Congregação. As irmãs, contemplando o mistério da formosura da Virgem Maria, imitam o seu perfeitíssimo exemplo de consagração e entrega a Deus”.

Fortificadas e seguras, certas da proteção da Mãe de Deus, suas servas procuram no decorrer de mais de um século “ser luz viva para o povo” e “servir onde houver maior necessidade”, de acordo com o legado recebido dos seus fundadores.

Foi nesta certeza e segurança que sete Irmãs pioneiras deixaram para sempre a sua pátria, enfrentaram a difícil travessia do Atlântico rumo ao Brasil. O objetivo era abraçar a missão junto ao seu povo imigrante, em busca de uma vida melhor.

Foi sob o olhar materno de Maria que, no decorrer desses mais de 100 anos as Irmãs Servas abraçaram nas terras brasileiras a tríplice missão da Educação, Saúde e Pastoral. As religiosas procuraram seguir o exemplo da Imaculada, acolhendo a todos e ajudando em suas necessidades; educando crianças, jovens e adultos; curando as feridas físicas, morais e espirituais; iluminando o caminho dos sem rumo, amparando os fracos, encorajando os tímidos e sendo presença de luz, paz e alegria para todos.

Foi Maria Imaculada que durante este século protegeu suas Servas, ajudando-as a enfrentar os grandes desafios e coroando de êxitos os seus esforços em prol do bem dos irmãos. Foi Ela quem providenciou inúmeras vocações de jovens corajosas que, a exemplo das irmãs pioneiras, deram continuidade a esta obra de Deus em favor do seu povo.

Celebrando o centenário da presença e missão das Irmãs Servas no Brasil, hinos de gratidão a Deus e a Sua Mãe Maria Imaculada são elevados pelas bênçãos e graças recebidas. Em suas mãos também é colocado o futuro da congregação.

© Irmãs Servas de Maria Imaculada . 2020
Desenvolvido com pela Navegah